Hostel boutique, a nova onda

Se hospedar no luxo mas com baixo custo. Este é o conceito de novos albergues – os hostels – que surgem como os vendedores ambulantes de guarda-chuva em dia de chuva. O negócio do momento é oferecer espaços com conforto e design mas ao mesmo tempo acessíveis. Pois é, só conferindo pra ver se realmente são acessíveis. Dá uma olhada no hostel Generator, em Veneza. Uma rica de uma coisa!

7-Generator-Venice-yatzer3-Generator-Venice-yatzer

Ele é o resultado da reforma de um armazém de grãos do século XVII, dessa mania que o povo tem de ficar restaurando coisas velhas – thank god! O exterior de tijolo vermelho mostra pra quem quiser e pra quem não quiser ver também a sua origem industrial. Uma espécie de viagem ao passado do lugar, pois foram mantidos tetos originais com vigas de madeira, pilares de pedra e pisos com azulejos vintage – e eu já fico me conçando toda com vontade de respirar o mesmo ar que esses azulejos.

O projeto teve de ser aprovado pelo Comitê de Belas Artes da cidade – não é pouca coisa não – e tem a assinatura de Anwar Mekhayech – a quem interessar possa (sim, nos interessamos muito e corremos atrás mesmo, pra saber tudinho e salvar referências que possam nos ajudar a viver melhor com estilo e conforto, uhú!).

14-Generator-Venice-yatzer1-Generator-Venice-yatzer 10-Generator-Venice-yatzer11-Generator-Venice-yatzer13-Generator-Venice-yatzer12-Generator-Venice-yatzerVocê está lá no primeiro piso, tomando seu uísque no bar, envolto por uma nuvem de fumaça, imaginando o dia a dia dos empregados do armazém no século 17 e quando menos espera, sobe escadas que lembram uma escola primária. E isso é fabuloso.

2-Generator-Venice-yatzer4-Generator-Venice-yatzer

5-Generator-Venice-yatzer 6-Generator-Venice-yatzerAdoro a arrumação e limpeza dos lugares pra tirar a foto que vai sair nos sites e revistas especializados.

8-Generator-Venice-yatzer Quero muito uma parede descascada vestida com cortina de veludo na minha casa.

9-Generator-Venice-yatzer

Reservando e economizando em 3, 2, 1…

Fotos: Reprodução / Yatzer

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *