Dimore Studio *3

Há um tempo eu mostrei alguns trabalhos dos guris do Dimore Studio. Eles criam ambientes assim… eu diria, ultrasensoriais, que dão saudades de épocas em que a gente não viveu. De hotéis a residências, o que mais chama a atenção é o fato de que tudo parece ter sido sempre daquele jeito. Os espaços parecem ter sido criados há décadas e, intocados, permanecem até hoje. Combinando texturas e materiais, as superfícies criam uma identidade cuja força ninguém se atreve questionar.

Hoje vamos admirar o restaurante e a piscina do Ceresio/7, em Milão.

02 04 Há elemenos originais, desde a contrução do estabelecimento em 1930, perfeitamente combinados com os novos que a dupla do Dimore Studio agregou. O olhar afiado deles é que faz a gente se confundir entre o que é novo e velho. Fica perfeito!

05 Mesas reservadas em espaços intimistas deveriam ser obrigatórias em todos os restauras do planeta!

06 07 As cadeiras se diferenciam das poltronas e, dessa forma, complementam. O conjunto está formado de maneira irreverente. Mistura que podemos fazer na nossa casa, combinando cadeiras e poltronas diferentes à mesa.

08 Olha só que sensacional estes armários/prateleiras que cercam as mesas. Deixam o espaço aconchegante pois parece que estamos na sala de casa, decoram e ainda protegem dos olhares da mesa vizinha. São nada mais, nada menos que biombos. Só que muito melhor!

09 10 11 12 13 14 15 16 Esta composição de espelhos não é simplesmente o máximo? Eu diria mais, diria que é uma obra de arte.

17 18 19 20 Os móveis da área externa são uma viagem no tempo! E este azul pastel está demais!

21 22

Segura que vem mais Dimore Studio aqui na Casa Baunilha!

Fotos: Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *