Apê restaurado com charme preservado

O designer de interiores parisiense Mike Alleg restaurou um apartamento no centro de Madrid, preservando o chão revestido de ladrilhos e respeitando boa parte da estrutura do imóvel. Esta estante, que tem uma espécie de mezanino, leva aço escovado e parafusos à mostra, lembrando uma fuselagem. Não é demais?

casa baunilha3

E adorei o contraponto da cadeira azul em tom bem vivo. Aliás, o azul é o segundo pretinho básico da decoração. Por exemplo, o tapete da sala, neste tom Continuar lendo

Cores aquecem o grande loft em NY

Este loft não economiza nas cores. E se não fossem elas, o apartamento ficaria muito frio e monótono já que a metragem e o pé direito são extensos. As cores trouxeram todo o aconchego necessário para querer estar em um espaço tão amplo.

ej_casamanara_476wb_18

Mas o apartamento não chama atenção somente pelo colorido. Algumas soluções são espertíssimas, como a divisão da sala de TV do resto do living por uma parede envidraçada. E a esquina da coluna virou estante, com prateleiras Continuar lendo

Era uma vez o vintage, a forma simples e o brilho do ouro

vintage casa baunilha

Eu, assim como muitos de vocês, gosto de uma peça vintage, ou retrô (produzida hoje). E pelas andanças na grande www descobri o The Apartment. É um estúdio de design de interiores que não somente monta ambientes com peças contemporâneas como possui um acervo de objetos vintage dos anos 50 e 60! Dessa forma ele acaba também sendo um fornecedor especialíssimo para decoradores e arquitetos na criação de espaços únicos.

Pois o site da empresa mostra essas peças maravilhosas, muitas assinadas, só que o interessante são os ambientes montados para apresentar as peças.

Dá pra gente pegar inspiração, desde o tom da parede até a disposição de móveis.

E há um tempo venho observando que, hoje, as pessoas parecem estar Continuar lendo

Turquesa na praia

Tem muita gente no clima da praia neste final de ano. Navegando pelos sites, encontrei esta imagem que revela um canto que é lindo e aconchegante, sem deixar de ser praiano.

praia

O azul turquesa é o grande destaque, e reparem que ele cobre a parte da madeira, tanto a parede quanto o banco, o que deu continuidade e deixou tudo mais amplo. Os outros elementos pareciam impossíveis de dividir o mesmo espaço mas criaram um conjunto espetacular. Adorei o toque sofisticado do lustre, junto do troféu/cabeça na parede. O vaso da planta ocupa lugar especial no banco. Almofadas com cores quentes e alegres.

São espaços assim que nos inspiram a ir em frente com as nossas escolhas e com o que gostamos, sem nos enquadrarmos muito em regras e modismos. Esta é uma boa resolução para o novo ano: “deixar a minha casa com a minha cara, reunindo tudo que eu gosto, que represente a minha vida e as minhas memórias, sem me preocupar se vai combinar ou não.”

Partiu?

Foto: Reprodução / Casa Vogue

Azul gourmet

Faz tempo desde o último Conjunto da Obra aqui na Casa. Pois então agora temos mais um para admirar.

Quem disse que azul pastel é só pra quarto de bebê? Olha como esta cozinha ficou agradável com esta tonalidade. E não precisa ser na parede inteira, mas em uma faixa próxima à bancada. E pra cor não ficar isolada, as cadeiras fazem companhia no tom.

cozinha

E quadrinhos na cozinha! Nota 10!

Foto: Reprodução

Dimore Studio *3

Há um tempo eu mostrei alguns trabalhos dos guris do Dimore Studio. Eles criam ambientes assim… eu diria, ultrasensoriais, que dão saudades de épocas em que a gente não viveu. De hotéis a residências, o que mais chama a atenção é o fato de que tudo parece ter sido sempre daquele jeito. Os espaços parecem ter sido criados há décadas e, intocados, permanecem até hoje. Combinando texturas e materiais, as superfícies criam uma identidade cuja força ninguém se atreve questionar.

Hoje vamos admirar o restaurante e a piscina do Ceresio/7, em Milão.

02 Continuar lendo

Direto das páginas: estilo náutico e tropical

Vocês já sabem que eu gosto de olhar pra tudo que tem a ver com decoração. Não interessa se a loja é do outro lado do oceano, eu quero ver. Ou melhor, nós queremos ver! Ver o que acontece, o que tem, o que estão usando, o que vão usar e, com essa miscelânea, decidir como vamos deixar nossa casa mais bonita. As revistas são muito boas nesse sentido. Elas reúnem peças e criam conjuntos que rendem boas inspirações.

Como esta seleção de objetos para a cozinha com temática náutica. Estou enlouquecida de paixão pela jarra de baleia, e ficaria bem feliz com a ilustração de marinheiro na minha parede. Peças com bom humor fazem milagres na rotina.

nauticoJá este conjunto…

rosa_e_verdeóohhh… né não, gente? É o tipo de coisa que a gente olha e suspira. Quadro com folhas Continuar lendo

Cozinha fresca

Esta cozinha é a cara do verão. Tem grandes aberturas que permitem boa entrada de luz. Achei perfeita a combinação do tom de azul sereno nas paredes com os detalhes em madeira, como a bancada, a mesa e as cadeiras. Uma boa opção, também em função do piso escuro, são os balcões claros.

A Casa Baunilha é totalmente a favor de peças de arte na cozinha! Seja quadro, cartaz, escultura, como este caso. O importante é enriquecer os olhos.

Projeto: Ogawa Fisher Architects

Fotos: Reprodução / Lincoln Barbour

 

Viva o belo

Gente, não sei nem o que dizer deste living! É sensacional. Tudo. As cores, os móveis. Olhem, olhem de novo, depois cobicem, daí pensem como adaptar as ideias com o que vocês tem, e então divirtam-se correndo atrás na produção.

Esse é um exercício que eu vivo fazendo. Nunca penso que não consigo fazer o mesmo na minha casa. Eu sempre analiso em como adaptar e conseguir o resultado semelhante, seja nas cores, na combinação de estilos dos móveis, na organização do espaço… Esse é o verdadeiro espírito da releitura, da inspiração.

Ai, ai… Viva o belo, viva o senso estético, viva o design, viva a fotografia!

Fotos: Reprodução