Camisa feminina

Esta peça, originalmente masculina, começou a fazer parte do guarda-roupa feminino nos anos 30, graças a Chanel, a estilista francesa. Nos anos 50, a camisa virou item básico nas composições enquanto as mulheres conquistavam sua independência. Nos anos 80 vieram as ombreiras, e ela se torna uniforme de trabalho. Hoje, temos modelos de todo tipo, casuais, sofisticados, leves e encorpados, que vão com calça, saia, short…

Fonte: Revista Manequim
Fotos: Reprodução
Composição: Casa Baunilha

As misturas da Acquastudio

Depois de ter mostrado um pouquinho dos desfiles da Herchcovitch e da Maria Bonita Extra, que aconteceram no Fashion Rio, não podia deixar de mostrar os destaques do desfile da Acquastudio para o inverno deste ano. Principalmente porque foram muito interessantes as misturas de estampas e texturas dos tecidos. Somos sempre alardeados para não fazermos essas combinações perigosas, e achei que a marca teve muita coerência e criatividade nas composições. Ficaram lindas.

Isto não é roupa, é uma obra. Amei as manguinhas futuristas douradas, por baixo.

Na boa, dá para casar com este vestido. Trocando os tecidos, todos branquinhos…

Destaque para os sapatos. Interessante o adereço com pedraria no tornozelo. Essa moda podia pegar, para usarmos com botinhas de cano curto.

A coleção teve inspiração nos anos 40 e 50, fazendo uma reinterpretação dessa época. Os tecidos são o algodão, o cetim, o “cyber”, um sintético que imita couro, e os levíssimos tules e organza.

Fotos: Reprodução

Esta Maria é Bonita

Seguindo com o resumo do melhor das passarelas, a Casa Baunilha traz um pouco do desfile da Maria Bonita Extra, para o inverno deste ano.

A coleção buscou inspiração nos 21 anos da marca, revisitando formas e estampas. Os modelos mostram caimentos femininos, tecidos leves, quadris volumosos, além de estampas diferenciadas. Foram usados organza, musseline de seda, tafetá e tricô. E a paleta de cores fez a diferença.

A etiqueta da mulher de classe diz que, ou deixamos à mostra somente as pernas, ou mostramos outros atributos. Esse vestido é curto mas é bem comportado na parte de cima, e lindo neste tom de vermelho, com estampa animal e tecido leve.

Cintura marcada. Adoro essas blusas soltinhas sob saias estreitas. Linda a estampa de pavão.

Eu simplesmente amei de paixão esse modelo, as cores claras, o tecido leve, as listas…

Adoro esse decote tipo folha.

E esse é irmão daquele. Amei de paixão também essa camisa. A manga vai afinando, e o punho não chega até o pulso.

Essa estampa é linda, e adorei a camisa, soltinha, leve e feminina, e o detalhe no decote.

Adoro pegar essas ideias, ir na loja de tecidos, me divertir por lá e depois mandar fazer algo parecido, adaptando, claro.

Palmas!

Fotos: Reprodução

Herchcovitch para o frio de 2012

Todo mundo concorda que não existe inverno sem jeans e couro. Agora adicione, a esses dois elementos, uma peleta de cores lindas e cortes incríveis. Eis a coleção da Herchcovitch para o inverno 2012, apresentada no Fashion Rio, que aconteceu entre os dias 10 e 14 de janeiro.

Muito fofo esse camisão revisitado, com mangas “bufantes” e o recorte típico de camisa na barra. Essa coleção está superconfortável.

Folgado em cima, agarradinho embaixo, com cintura marcada. O decote canoa deixa a camiseta mais chiquetosa, adorei.

Pretão básico, supertrabalhado. Adorei.

A marca sempre traz referências à lingerie, com rendas e tecidos delicados. Lindo!

E o branco também é básico. No inverno, quebra um pouco o império do preto. Mais duas versões do camisão, com mangas curtas e longas.

Adorei esse, com a gola de camisa, o recorte que mostra a pele, mangas grandes. A cor do jeans é linda.

Sobreposição de camisa, blusão e jaqueta. No detalhe, a gola da camisa é pequena.

Os acessórios fizeram diferença. Luvas multicoloridas, bolsas de desenho reto, que lembram as sacolas de feira, e mochilas em estilo saco. Amei as botinhas de cano baixo, estilo Oxford, nas cores camelo, preto e marinho.

A coleção teve inspiração na cultura e estética vividas pelos artistas nova-iorquinos dos anos 80. Amei.

Fotos: Reprodução

Chanel

Simplesmente sensacional a atmosfera do desfile pre-fall 2012 da Chanel. Aconteceu no dia 06 de dezembro, em Paris, no Grand Palais, com uma decoração quase difícil de explicar, inspirada nos chás servidos nos palácios dos marajás indianos. Espetacular.

É fácil sonhar com uma festa de casamento assim.

A coleção, linda, também apresentou o tradicional artesanato indiano.

Olho preto e bem marcado. Cabelo dividido ao meio, ou em coques e presos desconstruídos.

Confira o desfile.

Impecável.

Fotos e vídeo: Reprodução