Biombo verde

Um jeito bacana de arranjar plantas, seja em casa ou apartamento, é posicioná-las em  bases de altura e proporções diferentes, como pedestais, troncos, bancos altos – e até mesmo no chão. Dessa forma, cria-se uma composição rica e também uma espécie de biombo natural, para separar ambientes.

Foto: Reprodução / Trevor Tondro

Cor, Warhol e Jobs

Eu ia começar dizendo que este conjunto da obra é especial, só que, na verdade, todos são, pois tratam de espaços bacanas, que dá vontade de ter, e por isso são destacados por esta categoria aqui na Casa.

Mas este é sim. Pela combinação de cores dos objetos, móveis e plantas somada ao prata reluzente exibido pelo sofá. E, por fim, mas não menos importante, que é o que mais me prende a atenção, os quadros com os retratos de Andy Warhol e Steve Jobs, ressaltando o sucesso artístico e comercial de ambos. Amei. A cor e o tipo da letra aplicada sobre as fotografias fazem referência ao astral do espaço.

Nos quadros, fotografias de Norman Seeff. O espaço, criado por Lynne Scalo Design.

Foto: Reprodução / Trevor Tondro

Luz e cor

Combinação iluminada e bastante colorida. Sob a luz do abajur, uma mesinha que lembra aquelas usadas para apoiar o bar, uma dupla de vasos com flores mistas, e mais uma dupla de velas.

A quem interessar, segundo o Feng Shui, exibir objetos aos pares influencia positivamente nas amizades e relacionamentos.

Foto: Reprodução

Conjunto da obra 2

O que chamou minha atenção, num primeiro momento, foram as flores na jarra. Realmente um toque bastante usado ultimamente, que dá aquele ar de “eu crio, eu improviso” e fica lindo-maravilhoso (quando digo ‘ultimamente’ não quero dizer que isso foi inventado agora, claro, e sim, que tenho visto essa ideia em todo canto, ultimamente).

Logo em seguida percebi o conjunto da obra, que é bastante rico. Gostei do espelho como se fosse um quadro, ostentando a moldura expressiva. O bidê foi adaptado para receber a pia, e mais a jarra. Conclusão: um conjunto de adaptações, muito felizes. Dessa forma, o lavado ficou menos frio e mais receptivo.

Foto: Reprodução

Conjunto da obra 1

Adoro este canto, principalmente as cores, como o verde pistache no móvel de madeira e o tom de uva apagado da almofada. Espaços embaixo de escadas são difíceis de preencher. Porém, com poucos objetos, pode-se obter um resultado bacana. Neste, todos os elementos agregam uma característica diferente, madeira, corda, tecido, flores, livro, metal, pedra. E o tapete de pele arremata o estilo.

Uma boa ideia é fazer um estilo na hora de arranjar as flores, utilizando uma jarra no lugar do vaso padrão.

Foto: Reprodução