Onde reina a leitura

Em tempos de protestos é que vemos a importância de termos informação e conhecimento para compreender a nossa realidade e fazer os questionamentos necessários para mudarmos pra melhor.

Imagina então um canto para leitura como este, com os livros todos à mão, uma vista para o verde e muita luz natural. Um luxo só, não?

leituraMas com ou sem luxo, vale a pena investir num canto assim. Pode ser com menos livros, pode ser sem prateleiras, pode ser com uma poltrona velha, pode ser longe da janela, desde que tenha espaço pra você e suas ideias ; )

Foto: Reprodução

Living natural

Muitos detalhes interessantes neste espaço. O papel de parede aplicado em apenas uma; a persiana de bamboo e o voal sobre ela, que dá leveza e uma certa sofisticação a tanta referência de mato que a sala apresenta; a base rosa do sofá; a almofada de crochê; mesinhas de centro feitas com toras de madeira e vidro; espécie de home office atrás do sofá; plantas; tons naturais como areia e verde sobre a base branca das paredes e do teto.

sala2

Continuar lendo

O básico do home office

Achei uma graça este pequeno escritório, tão simples, tão básico: bancada em placa de madeira com dois gavetões cereja nas laterais, fazendo a base. Alguns quadrinhos e flores sempre vivas. Prontinho e lindo.

Nem parece o meu, cheio de revistas espalhadas, papel de bombom, presente esperando pra ser embrulhado, listas de supermercado, e ainda um creminho pra mão! Ah, tem que ter…

Foto: Reprodução

Apê outono / inverno

Encontrei este apartamento que é a cara outono/inverno. Muito fofo, daqueles que parece que a gente projetou, com muitos detalhes bacanas. Tem uma combinação de texturas interessante, com veludo, couro, tijolos à vista, madeira, e a presença marcante de tons orgânicos, como os terrosos e os verdes.

Em todo canto da casa tem um verdinho, um vasinho com alguma planta, um tempero.

Adoro reaproveitar vidros, principalmente para flores e plantas. A coleção de vidros aqui em casa é tão espaçosa que um dia ela vai pintar aqui pela Casa Baunilha.

Fotos: Reprodução

Estúdio

É engraçado quando nos deparamos com espaços que são a nossa cara. Parece que foram arranjados e decorados pela gente. Fico imaginando como são as pessoas, o que fazem, se a personalidade tem a ver comigo também. Encontrei esta sala/estúdio, e simplesmente me enxerguei ali.

O espaço reúne objetos e móveis antigos junto a aparelhos de última geração. Tem madeira, tons sóbrios e um toque feminino. Tem o verde das plantas e um conjunto de quadros com alinhamento despretensioso.

O estúdio é do fotógrafo Jeremy Harwell.

Fotos: Reprodução

Concreto para decorar

Uma boa ideia essa, para quem busca móveis diferenciados, sob medida. O concreto é resistente e tem alta durabilidade. Pode ser facilmente moldado, dando forma a prateleiras, mesas, bancos. A cor e a textura que ele oferece deixam a casa com um ar mais contemporâneo, mais urbano.

Esta estante parece que, além de abrigar objetos, serve como parede entre as grandes aberturas para o jardim.

A mesa do escritório ficou com um dos lados suspenso.

O sofá tem a base de concreto, e o estofado de comprimento menor deixa uma área livre, que serve de mesa lateral, para apoiar o abajur e os livros.

Neste painel, os blocos de concreto formam vasos suspensos. O toque final ficou por conta da tinta roxa: o painel parece de veludo.

As prateleiras foram aplicadas em uma coluna da casa, com acabamento em X, e tem cada faixa pintada de uma cor vibrante.

Nesta cozinha, prateleiras e balcões, todos de concreto. Adorei o conjunto das cadeiras azuis com as banquetas, em tons diferentes. Todas no estilo pé palito.

Nesta outra cozinha, a bancada é de concreto e o fogão ficou envolvido por esta caixa do mesmo material. Os armários, envolvidos por concreto, são feitos do mesmo material da porta.

Prateleiras na bancada para guardar os eletrodomésticos.

No lavabo, bancada de concreto, ao lado do tanque que serve como pia.

Na sala, a bancada ficou suspensa e teve uma curva moldada. O toque final ficou por conta da mangueira de luz.

Para organizar a montanha de discos do DJ Mau Mau, somente uma grande estante de concreto mesmo.

Aqui, o material está presente na comprida mesa do escritório e na volumosa estante.

Fotos e informações: Revista Casa e Jardim

Pretinho básico

Não, não é isso que você está pensando. Que o preto é básico em vestidos tubinho clássicos, isso a gente já sabe. Mas na decoração da sua casa ele tira qualquer ambiente do básico. A Casa Baunilha separou algumas ideias que podem deixar seu espaço mais elegante. Tem umas muito fofas, como este cantinho para um lanche e um bom papo.

A escada não escureceu o ambiente porque o branco predominante nas paredes equilibra, iluminando. Este é o grande segredo para aplicar o preto: combinar com grandes áreas claras e enfeitar com objetos de cores alegres.

Fotos: Reprodução