Casa de boneca de gente grande

Ainda na onda da fofura, pense em algodão doce, marshmellow, ursinhos carinhosos, merengue, crochê, bala de côco. Invocando todos estes ícones de fofura e delicadeza, agora podemos adentrar esta casa que é, assim, um pedacinho do céu. A casa de 1896 foi carinhosamente trabalhada para que ficasse assim, parecendo uma casa de boneca. Muita delicadeza em um só lugar.

yvonne1decor8 yvonne5decor8

Logo assim de cara, algumas ideias interessantes. A porta colorida e, próximo a ela, um mural que eu pretendo fazer pra minha casa, que funciona como um ótimo lembrete para as contas a pagar, recados, lista do super e até Continuar lendo

Sala de vó que as meninas querem

O título está engraçado mas esta sala de estar me remeteu a isso. É aquela com aura de casa de vó, com tantos móveis e objetos vintage mas com uma paleta de cores muito suave e jovem.

i-BvrgpnZ

É só reparar na armação dos espelhos. Este detalhe é muito vó.  Continuar lendo

Apê no Brooklyn

Um apê daqueles que se a gente pudesse pegava no colo. Muito querido. Meninos vão adorar. Tem parede descascada com tijolos pintados, tubulação aparente, iluminação em trilho, muitos quadros com grafismos, mapa, peças vintage, estofaria neutra, madeira, madeira, madeira, espaço para a coleção de discos, piso escuro e outras coisiquinhas mais.

apeb1

Continuar lendo

Tudo verde

Mergulhe nesta cor sem medo de ser feliz, seja com uma parede completa, ou uma prática manta no sofá, ou cortinas pra emoldurar a vista, um móvel, ou até mesmo com folhagens. A cor transmite tranquilidade ao mesmo tempo em que nos mantêm estimulados para a realização de tarefas. É uma cor com estímulos na medida certa, eu diria. E é facilmente combinada com outras, e em qualquer espaço. Dá uma olhada.

Este tom de verde na parede do quarto tende um pouco para o azul. Este tom é ideal para uma área de descanso, pois fica mais suave, e não tão orgânico e luminoso como os tons nas outras fotos. {E já que estamos aqui, vamos falar né. Adorei essa misturinha de quadro de pinguim com criado mudo de madeira estilo antigo e a luminária concha. Sem falar na combinação de listras com a colcha floreada. Eu amooo ambientes assim, que sejam criativos e nos remetam a histórias, instiguem a imaginação, que sejam ricos nas informações. Penso que vale a pena correr atrás de uma luminária concha em vez daquela que todo mundo tem. Casa com cara de loja não, né? Pronto, falamos.}

Pra quem tá achando a sala meio sem vida, a cozinha muito sóbria, verde nelas! A cor anima sem que você tenha que se aventurar pelo laranja e outras cores mais difíceis de combinar e que podem, em excesso, irritar.

Viva o verde!

Fotos: Reprodução

Decor colorido

Tão bom encontrar espaços que fazem a nossa mente trabalhar, com muitas ideias inspiradoras. Este apartamento, em Madri, abriga uma grande mistura de cores e texturas. Vidro, plantas, metal, couro, plástico, veludo, madeira…

O espaço pertence ao empresário espanhol Jaime Lacasa, dono de uma rede de lojas de moda e decoração, a Jimmy’s Scooter, de onde saíram muitos dos móveis presentes no apartamento.

Fotos: Casa Vogue

Feito em casa * Flores de papel

Adorei estas flores feitas de papel, e mais ainda quando vi que são fáceis de fazer. Podemos criar vários enfeites com elas, como este coração fofo – já vamos colecionando ideias para o Dia dos Namorados, quando menos se espera a data chega! O bacana é montar arranjos com flores de tamanhos e tons diferentes.

Fácil de fazer:
1. Empilhe de 4 a 8 folhas de papel de seda (ou outro que não seja de gramatura alta), e dobre como uma sanfona. Para compor o coração, você precisa de umas 30 flores.
2. Envolva o meio da faixa de papel com um aramezinho fino, enrole as pontas dele para não abrir, e dobre as pontinhas para não machucar. Com uma tesoura, corte os cantos da faixa de papel para que fiquem arredondados.
3. Separe as camadas de papel, uma a uma.
4. Na ideia original, do Everything Fabulous, você aplica ganchos de adesivo para parede, e vai enrolando os arames das flores neles. Eu tentaria, com um arame mais encorpado, moldar um coração, e pendurá-lo em apenas 1 gancho adesivado na parede. No coração, prender as flores, e depois ir prendendo, as que ficarão no meio, nas flores mais próximas, e assim por diante, preenchendo todo o coração.

Imagino criar também flores com papéis estampados, mas variando os tons para, no conjunto, diferenciarmos uma flor da outra, que é o efeito interessante que o arranjo proporciona. Adorei.

Fotos: Everything Fabulous

Detalhes fazem toda a diferença

E a fotografia também. Bom, nem vou me apegar muito a texto, vamos apreciar, observar e buscar inspirações no trabalho da fotógrafa Ashlee Raubach.

Os livros também podem se tornar itens decorativos. Adoro essas torres com um enfeite em cima, pois deixam os livros próximos da gente (e não escondidos dentro de armários) e ao mesmo tempo organizados, decorando os ambientes. Fica bacana essa mistura de cores das capas.

Papel de parede. A gente devia apostar mais nele, nem que fosse em uma parede apenas, o que eu até prefiro, do que aplicar em um espaço inteiro, deixando tudo estampado. As áreas de respiro são importantes justamente para deixar o foco para o papel de parede, e evitar que a gente enjoe da decoração. Na foto, o laranja com as folhinhas delicadas ficou lindo.

Interessante o espelho aplicado em uma armação que lembra uma abertura de janela.

São lindas as cozinhas com prateleiras que deixam a louça à mostra. Porém, fico com um pé atrás em função do pó que acumula… Mas os desenhos e as cores dos objetos criam uma composição muito bonita.

Sonho de consumo: uma bancada espaçosa para preparar as refeições e receber os amigos. O branco predominante na cozinha parece deixar o ambiente mais limpo, e lindo.

As capas para cadeiras podem ajudar a compor a decoração, em uma ocasião especial, para uma recepção em casa. Podem receber uma aplicação nas costas, como um bordado, ou algum recorte de tecido estampado, em forma de flor, de folha, o que combinar mais com a proposta.

Os donos da cozinha acertaram em cheio. Escolheram uma mesa branca para amenizar o ambiente com predomínio de móveis escuros.

Adoro letras caixa. Podem ser as iniciais do casal, ou formar palavras, como LOVE, na foto, que ficou lindo em metal.

Lindos os tons presentes nas duas fotos. E as texturas nas paredes também: pastilhas na lareira e pedras provavelmente na fachada da casa.

Veja mais do trabalho da fotógrafa americana aqui, que inclui também decoração de casamentos e casais apaixonados.

Mais uma Heart Home

A revista britânica Heart Home, lançada este ano, acabou de mostrar seu segundo número, que traz sugestões de final de ano. Mais uma daquelas revistas legais em que a gente tem que ficar de olho, pois sempre encontramos ideias para adaptar e procurar alternativas mais em conta e que tenham a ver com nosso estilo.

Já na capa encontramos arranjos criados em tons orgânicos, com pinhas, flores e folhas naturais. Tudo a ver com o fim de ano sugerido pela Casa Baunilha, nos posts É Natal no Brasil e Adore sua casa.

E também, para alegria geral, muitos ambientes decorados…

Sofá cinza é curinga. Vai bem com todo tipo de decoração, e acomoda amigavelmente almofadas de várias cores e estampas. Uma graça o detalhe dos passarinhos pendurados na porta. Uma espécie de móbile fácil de fazer. Pode ser de papel, de feltro, de acetato… o estilo do seu ambiente determina a textura adequada.

Eu não sei vocês mas, pra mim, móveis em madeira são únicos, tem personalidade. Olha essa cômoda toda lixada. Sem contar que essas peças são passíveis de inúmeras reformas, e recebem com classe objetos contemporâneos, com design diferenciado.

Ai, ai, muitas ideias. Vale a pena conferir essa edição da Heart Home.

Fotos: Heart Home magazine