Olha a banana

Que tal esquentar a casa neste inverno com cobertas e almofadas de cores e estampas tropicais? – olha a ironia! Pois é isso mesmo. A marca Kip & Co criou estampas com a fruta, além de outras geométricas em cores vibrantes e que tira qualquer um da deprê daqueles dias cinzas e chuvosos. Eu acho bacana olhar para pegar ideias. Vontade de ir na loja de tecidos e escolher vários bem coloridões e fazer as fronhas e os lençóis. Resta ver com a minha avó se ela topa fazer a colcha com a trama de tricô, haha.

kip0783-aw13-lookbook-digital-fa18kip0783-aw13-lookbook-digital-fa20 Continuar lendo

Pacotão de ideias

Graças ao belíssimo trabalho da fotógrafa Idha Linghag, nós vamos mergulhar agora em um mundo inspirador, mesmo, eu garanto! Repleto de luz, cor, texturas, arranjos. Espaços propositalmente criados para despertar nosso desejo e nossa criatividade.

Vamos ao que interessa! Olhaaaaar…

Swedish-Grace-Greta-Atelje_035

Tenka_Gammelgaard-40614

Preto, branco e ouro. O artista organizou o ateliê de tal forma que mais parece um canto na sala onde ele guarda suas coleções, de pincéis, fotos e tintas.

Elle-Interiör_åkersberga_131

Que claridade! A varanda perfeita… Os móveis são bem simples na sua forma, além das cores neutras. O que se destaca é o tapete e o vaso de flores.
Continuar lendo

Antes e depois: o criado mudo que tem muito o que dizer

Quase não dá para dizer que se trata do mesmo móvel! 2 detalhes fizeram toda a diferença:

1. PUXADORES: eles fazem milagre no visual de uma peça. Os anteriores tinham um desenho muito ultrapassado e pesado. Como o móvel ficaria no quarto, puxadores menores e mais delicados suavisaram a aparência.

2. PÉS: Isto serve para qualquer móvel que você tiver que fique em contato com o chão. Experimente colocar pés que o deixem mais alto. Enobrece a peça, sem contar que dá pra passar pano embaixo sem precisar deslocar! Os rodízios, de plástico, empobreciam o móvel que apresentava textura de madeira, uma textura nobre.

Somente estas duas mudanças já libertaram o móvel daquela alma de escritório antiquado. A pintura e a estampa complementaram o estilo, que seguiu a proposta do ambiente, claro.

Uma aula em um pequeno grande móvel.

Fotos: Reprodução

Valorize os artistas locais

Explore o artista que você tem em casa: seu filho. Com molduras diferenciadas e bem acabadas, você pode incrementar cantos específicos da casa com cores e descontração. Como esta sala de jantar superformal, com lustre, móveis em madeira e revestimento na parede. Ela se alegrou com os desenhos.

Outra opção são as telas vendidas prontas, que dá pra encontrar em lojas de artesanato, e até mesmo em lojas de R$ 1,99.

Sem muitos gastos, você pode criar uma decoração linda e colorida para o quarto dos pequenos. Eles se sentirão valorizados e incentivados a produzir cada vez mais, desenvolvendo o lado artístico.

Fotos: Reprodução / House of Fifty

Tudo verde

Mergulhe nesta cor sem medo de ser feliz, seja com uma parede completa, ou uma prática manta no sofá, ou cortinas pra emoldurar a vista, um móvel, ou até mesmo com folhagens. A cor transmite tranquilidade ao mesmo tempo em que nos mantêm estimulados para a realização de tarefas. É uma cor com estímulos na medida certa, eu diria. E é facilmente combinada com outras, e em qualquer espaço. Dá uma olhada.

Este tom de verde na parede do quarto tende um pouco para o azul. Este tom é ideal para uma área de descanso, pois fica mais suave, e não tão orgânico e luminoso como os tons nas outras fotos. {E já que estamos aqui, vamos falar né. Adorei essa misturinha de quadro de pinguim com criado mudo de madeira estilo antigo e a luminária concha. Sem falar na combinação de listras com a colcha floreada. Eu amooo ambientes assim, que sejam criativos e nos remetam a histórias, instiguem a imaginação, que sejam ricos nas informações. Penso que vale a pena correr atrás de uma luminária concha em vez daquela que todo mundo tem. Casa com cara de loja não, né? Pronto, falamos.}

Pra quem tá achando a sala meio sem vida, a cozinha muito sóbria, verde nelas! A cor anima sem que você tenha que se aventurar pelo laranja e outras cores mais difíceis de combinar e que podem, em excesso, irritar.

Viva o verde!

Fotos: Reprodução