O branco no décor comercial

Para quem ainda não conhece, aqui na Casa tem uma seção para conhecermos decorações de estabelecimentos comerciais, seja um hotel, restaurante, café… qualquer espaço que seja daquele jeito que a gente adora olhar e captar ideias. Pode servir tanto para quem realmente tem um negócio quanto para quem quer ideias para sua casa. Vale tudo!

Pois então, olhem só se não parece literalmente um docinho de coco esta confeitaria de luxo, de Nova Iorque.

Ela é toda branquinha e somente as cores dos doces e dos bolos marravirrósos é que colorem este espaço. Fiquei imaginando um salão de beleza assim, ficaria o máximo, muito cara de sofisticado : )

Lady-M-Exterior-12

Continuar lendo

Ideias da Casa Cor Rio

Procurando por exposições de decoração, encontrei ambientes interessantes e detalhes muito bacanas, para a Casa Cor Rio, não somente deste ano, mas de 2011 também.

Bacana a parede revestida em madeira, contrastando com a leveza do tom azul do sofá e da parede. À direita, um detalhe que faz toda a diferença em termos de iluminação: a abertura acima da porta. Além de charmosa, deixa a luz invadir e clarear tudo.

Simplesmente adorei o cantinho da foto da esquerda, com a luz natural se misturando a dos abajures – proposta de Marcelo Jardim e Tiago Freire. À direita, pequena biblioteca acima da geladeira, e parede com textura de pedra ao fundo.

E o que dizer desta cozinha com atmosfera de pub? É praticamente um acervo de estilos e texturas. A cozinha se transforma no novo estar da casa – na verdade, há muito as cozinhas são as grandes estrelas de uma casa, afinal, toda reunião acontece em função das refeições. Dessa forma, a cozinha é o terreno sagrado onde tudo acontece e onde as pessoas querem estar. Isso explica o boom de cozinhas integradas com a sala. O cozinheiro, que antes ficava isolado, vira o centro das atenções. Ambiente de Guilherme Osborne e Andrea Duarte, para a Casa Cor Rio 2012. Clique para ampliar!

Com tijolos à mostra, podemos tudo: estantes brancas, portas de metal, tubulação aparente e quadro colorido. Textura curinga!

Muuuitas janelas, e em duas versões.

Vamos garimpando ideias.

Fotos: Reprodução

Espaço no quarto

Adorei a proposta deste quarto. Por conta do grande espaço, ele poderia ter grandes armários, cômodas e guarda-roupas. Mas muito pelo contrário: com poucos itens e móveis enxutos, o ambiente conseguiu folga para uma boa circulação, além de bons sonhos.

Esta paleta de cores funciona muito bem: verde, cinza e amarelo, com um toque de lilás, adicionado pelo quadro e pela almofada. Atenção especial para a cabeceira da cama, com efeito capitonê, aquele que cria uma textura de gomos no tecido, geralmente com botões aplicados em cada ponto fundo. Um acabamento de estilo vitoriano sobre a parede com textura pra lá de urbana, por conta dos tijolos à vista.

Muito fofo.

Fotos: Reprodução / Nicole LaMotte

Ideias na cozinha

Além de decorar, o balcão estilo quadro negro ajuda a registrar as ideias. Pra quem tem criança é super prático, elas ficam entretidas desenhando enquanto você prepara a refeição.

Adorei esta cozinha, os materiais, as luminárias, as cores, a coluna de tijolo a vista. E uma bancada espaçosa assim não é artigo de luxo, mas de primeira necessidade.

Fotos: Reprodução / Virginia Macdonald

Apê outono / inverno

Encontrei este apartamento que é a cara outono/inverno. Muito fofo, daqueles que parece que a gente projetou, com muitos detalhes bacanas. Tem uma combinação de texturas interessante, com veludo, couro, tijolos à vista, madeira, e a presença marcante de tons orgânicos, como os terrosos e os verdes.

Em todo canto da casa tem um verdinho, um vasinho com alguma planta, um tempero.

Adoro reaproveitar vidros, principalmente para flores e plantas. A coleção de vidros aqui em casa é tão espaçosa que um dia ela vai pintar aqui pela Casa Baunilha.

Fotos: Reprodução

Na casa de praia

Oi pessoal! Queria ter postado sobre o carnaval, com ideias do que usar na folia, mas só deu mesmo para fazer as malas e sair correndo para o litoral, me desligando um pouco da “vida online” – mas a cabeça continuou a mil. Por isso, resolvi voltar do carnaval com uma boa bagagem. Visitei a Casa & Cia Praia 2012, em Tramandaí, aqui no Rio Grande do Sul, e trouxe um pouco desse passeio.

Alguns ambientes foram fotografados por inteiro. Me preocupei em trazer também detalhes, texturas, cores, enfim, aquele ponto de partida para a criação de um espaço com a nossa cara. Quem nunca idealizou mentalmente uma sala inteira só de olhar para um abajur inusitado, ou um revestimento de parede diferenciado? Isto é o melhor de criar, nossa imaginação não tem limites.

Pra começar, vou mostrar a casa que mais me chamou atenção. No primeiro piso, espaço com cozinha, estar e sala de jantar integrados. Um living amplo, com peças e cores muito bacanas, além de acabamentos interessantes.

Entrei e fui direto fotografar o vaso amarelo. Adorei. Ao fundo podemos observar a mesa, e grandes aberturas que fazem a comunicação para o jardim que rodeia a casa.

Abaixo da lareira, a parede de vidro funciona como uma janela. Quem está fora enxerga dentro, e vice-versa.

Como não amar esta mesa de madeira, com as texturas coloridas no centro? Para arrematar e contrastar com a mesa, cadeiras com design atual e cor vibrante. As luminárias pendentes estilo armazém/depósito estão em alta. Estas são coloridas por dentro.

No balcão da cozinha, revestimento colorido imitando mosaico de vários azulejos.

Ao lado da pia, ampla parede de vidro mostra um dos cantinhos decorados da área externa.

Parede com acabamento em cimento queimado ganhou mosaico de quadros com molduras diferentes.

O banheiro ficou colorido com a parede revestida do mesmo mosaico do balcão da cozinha. A luminária, também remete às da mesa da sala. O vermelho está presente por todo o primeiro piso da casa, em detalhes e móveis.

Muito interessante a textura no teto. Ao que tudo indica, são marcas deixadas pelas placas de madeira que davam suporte à construção do segundo piso. Ao serem retiradas, criou-se a textura.

Este é o ambiente visto pela cozinha. Móvel antigo, de madeira, acomoda a “horta” de temperinhos. Vasos grandes reúnem temperos de vários tipos.

Este guarda-roupa colorido fica no quarto do primeiro piso. Boa ideia para repaginar aquele armário antigo. Nas portas, podem ser aplicados tecidos, adesivos, papel de parede… O quarto ainda recebeu, na área externa, um espaço especial, com deck de madeira.

Subindo para o segundo piso, escada bem iluminada e amplo horizonte, proporcionados pela grande coluna de vidro.

Este quarto amplo tem espaço com poltrona e mesinha, e guarda roupa branco, com vidro em cima e textura embaixo. Adorei.

Um pequeno detalhe, ensolarado, do amplo terraço da casa.

Este quarto arrancava suspiros da mulherada. A cada pessoa que entrava, ouvia-se “Óh, que lindo”, “Ai, que amor!”. E era um amor mesmo. Teve gente que achou que era da Carrie Bradshaw.

Amei este móvel. Tanto o desenho, com os pés-palito, quanto as cores: algumas partes preservadas com a cor original da madeira, e outras cobertas com branco. Perfeito.

No banheiro do quarto, a pia tem caimento diferenciado.

Esta foi uma das cinco casas presentes na mostra. Na sequência dos posts, mostrarei mais ambientes e detalhes.

Quero dedicar este post, e agradecer, aos meus avós Ignez e Gentile Botton, que fizeram questão de levar os netos à exposição. Sempre atenciosos e ótimas companhias. Muito obrigada!

Fotos: Casa Baunilha